Dicas para pessoas que se formaram e não se identificaram com a área



  

É muito comum nos dias de hoje vermos pessoas que se formam e posteriormente não se identificam com a profissão ou que não conseguem uma oportunidade na área e terminam por ter que trabalhar em outra área e esquecer o que aprendeu durante anos de faculdade, ou até mesmo por que não gostaram do curso. Se você se encontra neste caso continue lendo e veja o que fazer quando isso acontece.

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que a idade pesa na hora de uma seleção e muitas cidades brasileiras já não contratam pessoas que possuem determinadas idades. A meu ver isso é um grande engano, pois é possível ter um funcionário altamente capaz com idade mais avançada e um funcionário jovem com pouca experiência e vice versa. Porém, o que eu tenho a dizer a você que não se identificou com o curso e está com uma idade avançada é que procure sim fazer outro curso. Contudo, tenha em mente que você precisa de duas coisas: algo que lhe dê prazer e algo que lhe dê retorno financeiro.

Claro que se você conseguir encontrar isso na mesma profissão será ótimo, mas se isso não acontecer procure outra coisa para trabalhar e ir fazendo outro curso para não ficar o resto da vida frustrado.




Nós sabemos o quando é péssimo trabalhar naquilo que não gostamos. Ainda que tenhamos de procurar uma profissão que nos dê um retorno financeiro para sobreviver precisamos verificar se possuímos um mínimo de afinidade com o que estamos fazendo. Lembre-se também que o mercado de trabalho está cada vez mais acirrado e está muito comum encontrarmos pessoas com nível superior. Mas, o importante aqui é não deixar de se atualizar com o que há de novo. Eu sei que a tecnologia tem avançado de forma extraordinária e muitas vezes acompanhar tudo isso não é tão fácil quanto parece, mas tente fazer a sua parte e o resultado virá. 

Por Luciana Viturino






Postar Comentário