Vestibular UFOPA 2018 via Enem – Inscrições

0
  

Interessados podem se inscrever até o dia 12 de outubro de 2017.

A Universidade Federal do Oeste do Pará abriu inscrições aos participantes do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) das edições 2015 e 2016 ao Processo Seletivo regular de 2017. De acordo com o edital assinado pelo Presidente da Comissão Permanente de Processos Seletivos, a universidade selecionará candidatos para o provimento das vagas de graduação nas modalidades bacharelado e licenciaturas.

As inscrições iniciaram no último dia 28 de setembro e segue até o dia 12 de outubro, é gratuita e pode ser feita por este site: http://www.ufopa.edu.br/psr2017campi. No ato da inscrição, o candidato deve escolher a sua preferência de curso, preenchendo as instruções e informando o perfil socioeconômico. A homologação será feita após a confirmação pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira) de que o candidato tenha realizado a edição 2015 ou 2016 do exame.

No total, de acordo com o edital, são 280 vagas para os cursos de Bacharelado em Administração, Bacharelado em Engenharia Civil, Engenharia de Minas, Baixarelado em Agronomia, Baixarelado em Engenharia de Agricultura, Licenciatura em Pedagogia e Biologia da Conservação distribuídas nos campus de Óbidos, Oriximiná, Alenquer, Itaituba, Juruti e Monte Alegre, em turnos matutino, vespertino, noturno e integral. Serão realizadas até duas chamadas conforme a distribuição de vagas e turnos por curso. Lembrando que das 280 vagas, 140 estão reservadas para o sistema de ingresso por cotas sociais (estudantes com e sem deficiência que cursaram integralmente o ensino médio em escola pública, estudantes com e sem deficiência que cursaram parcialmente o ensino médio em escolas públicas, além de estudantes que se declararem pretos, pardos ou indígenas).Para ingressar por meio das cotas sociais, os candidatos devem comprovar que fazem parte de um destes grupos mencionados.




Os candidatos que tenham obtido pontuação inferior a 450 pontos na redação ou pontuação média nas quatro áreas temáticas estão automaticamente suspensos do processo seletivo, sendo que os candidatos serão classificados por curso de opção. Para efetuar matrícula deve-se entregar obrigatoriamente a cópia dos seguintes documentos: RG, CPF e título de eleitor para quem tem mais de 18 anos, quitação com o serviço militar, certificado de conclusão do ensino médio, histórico escolar do ensino médio, documentos comprobatórios da renda bruta da família, uma fotografia recente de tamanho 3×4, formulário de cadastro acadêmico, comprovante de residência e declaração que não mantém nenhum vinculo com outra instituição de ensino superior.

O resultado da primeira chamada está previsto para o dia 19 de outubro, com habilitação da primeira chamada em 16 e 17 do mesmo mês e publicação do resultado oficial da análise de documentos no dia 24 de outubro. Para a segunda chamada, a publicação dos resultados será no dia 30 de outubro, com início das aulas no dia 06 de novembro deste ano.

A Universidade Federal do Oeste do Pará tem sua sede na cidade de Santarém, no estado do Pará e foi criada em 2009 através da Universidade Federal do Pará e também da Universidade Federal Rural da Amazônia. Todo vestibular da universidade é realizada através da participação do candidato no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), sendo que a classificação é realizada de acordo com as notas obtidas no exame. Diversos são as especialidades oferecidas, com um amplo número de cursos em bacharelado (arqueologia, antropologia, direito, ciências econômicas, engenharia de pesca, entre outros) e também de licenciatura (licenciatura em geografia, letras, pedagogia, física, matemática, entre outros). Além disso, parte destas vagas são preenchidas através do ingresso por cotas sociais, uma forma de alunos de baixa renda e que estudaram todo o ensino médio em escola pública por exemplo, conseguirem de forma mais facilitada o ingresso na universidade. De tempos em tempos novas vagas através de processo seletivo são realizadas, atraindo assim aqueles que desejam um lugar na faculdade, pública e de graça.

Por Leandrinho de Souza






Deixe uma resposta